A EMBALAGEM "SE RENOVA"

Esse maior foco no consumo ecologicamente correto está impulsionando o desenvolvimento de práticas de negócio mais sustentáveis e levando a uma economia circular de baixa emissão de carbono. É onde o desperdício é eliminado e os materiais e recursos são mantidos em uso o máximo de tempo possível.

Construindo uma economia circular de baixo carbono

Hoje, os consumidores querem fazer escolhas ecologicamente melhores. Eles estão mais preocupados do que nunca em proteger nosso planeta por meio de consumo e produção sustentáveis.

Uma economia circular precisa de um fluxo constante de matérias-primas primárias para crescer. Materiais renováveis derivados de plantas ou biomassa podem ser recuperados e renovados. Eles fazem parte dos ciclos regenerativos da natureza e, quando gerenciados e obtidos de forma responsável, asseguram a disponibilidade de matéria-prima primária no futuro. Materiais fabricados a partir de plantas ou biomassa podem substituir materiais de fontes finitas e, assim, contribuir para a construção de economias mais resilientes.

Hoje, a média de material renovável de uma embalagem Tetra Recart é de pelo menos 67%. A longo prazo, estamos trabalhando para produzir todas as nossas embalagens a partir de materiais 100% renováveis – até a pequena, mas essencial barreira protetora de alumínio. Como alternativa moderna às garrafas de vidro e às latas, buscamos reduzir continuamente a quantidade de materiais não renováveis usados em nossa embalagem e nos afastarmos de recursos finitos não sustentáveis.

As embalagens feitas de materiais renováveis são essenciais para preservar o meio ambiente para as gerações futuras. Os recursos renováveis, como a madeira, podem ser recuperados naturalmente ao longo do tempo, e a diminuição da dependência de recursos finitos e de materiais feitos de combustíveis fósseis ajuda a reduzir as emissões de carbono.

Nossa embalagem é feita principalmente de papel-cartão, e esse papel-cartão vem de florestas com certificação Forest Stewardship Council™ (FSC™) e de outras fontes controladas. O selo FSC™ garante que as fibras de madeira podem ser rastreadas através da cadeia de suprimentos, e que o manejo florestal sustentável – incluindo a prevenção do desmatamento – é amparado. E isso permite que os consumidores escolham marcas comprometidas com a silvicultura sustentável. ​

Leia mais sobre embalagens renováveis

Fatos de renovabilidade

  • Pelo menos 67% da embalagem Tetra Recart são feitos de papel-cartão, que é um material renovável.

  • A única parte de uma lata ou garrafa de vidro que é renovável é a etiqueta.

  • Uma lata de alumínio pode usar dez vezes mais material não renovável do que uma embalagem para alimentos Tetra Recart*.

*Fonte: Avaliação comparativa do ciclo de vida realizada por ifeu, Alemanha, de acordo com a norma ISO 14040/44. Revista por pares por um painel de revisão crítica de terceiros. Comparação ambiental na Itália, Alemanha e UE 28 + 2; Média europeia, 2017. Taxas de reciclagem: Tetra Recart 44%, garrafa de vidro 73%, lata de alumínio 76%. Fator de alocação 50%. Categoria: tomates enlatados.
 
O código de licença FSC™ da Tetra Pak é FSC™ C014047

Quer saber mais sobre a Tetra Recart e a renovabilidade?