Resumo e conclusões

Homem correndo, estilo de vida moderno

01 | Meio ambiente e saúde são as duas principais preocupações dos consumidores hoje em dia e ocorrem nessa ordem. Dois terços dos entrevistados da nossa pesquisa global de consumidores acreditam que estamos caminhando rumo a um desastre ambiental. O mesmo percentual também acredita que a saúde mental e física seja uma grande preocupação para a sociedade.

02 | Saúde e meio ambiente têm sido historicamente tratados como áreas independentes. Mas agora vêm se sobrepondo cada vez mais. Quase três a cada cinco consumidores já pensam que sua saúde e bem-estar são fortemente afetados por problemas ambientais. Quanto maior a preocupação dos consumidores com o meio ambiente, aumenta também sua conscientização em relação à saúde. O que antes era uma preocupação abstrata e distante, hoje tornou-se muito mais concreta, urgente e principalmente pessoal, à medida em que os consumidores passam a observar que os problemas ambientais afetam a si mesmos e suas famílias.

03 | Os jovens são uma grande força motriz para as mudanças positivas. Eles querem e esperam ser mais saudáveis e viver mais do que seus pais, e vêm fazendo escolhas de estilo de vida com esse objetivo. O uso das redes sociais e a experiências pessoais em relação ao impacto das mudanças climáticas também os incentivam a agir com mais responsabilidade em relação ao meio ambiente. 

Ciclo do estilo de vida moderno

04 | Os consumidores acreditam que são os maiores responsáveis por sua própria saúde e pela saúde do planeta. Existe uma crença crescente de que os estilos de vida modernos, principalmente o que comemos e bebemos, resultam em um ciclo que afeta ambos negativamente (veja acima). Muitos querem mudar seus comportamentos de consumo com esse objetivo, mas o custo, a falta de conhecimento, a falta de disponibilidade e/ou credibilidade das opções são os principais obstáculos. Há uma oportunidade interessante para as marcas, que podem ajudar os consumidores a superar esses obstáculos e atender à crescente necessidade de viver vidas mais saudáveis e ecologicamente corretas.

05 | Alimentos e bebidas são catalisadores importantes na convergência entre saúde e meio ambiente. A ambição nº 1 em relação às mudanças, por razões de saúde e ambientais, é um consumo maior de alimentos e bebidas ecologicamente corretos. Em especial, o ponto em comum são os produtos naturais/orgânicos. Em termos de categorias, o suco de frutas 100% natural, o leite branco, a água engarrafada, a água de coco e bebidas de origem vegetal são as mais atraentes.  

06 | A embalagem e a reciclagem, especificamente, são os pontos mais críticos. A reciclagem agora é considerada a característica número 1 de uma pessoa ecologicamente correta. Reciclabilidade é a principal associação conjunta de produtos ecologicamente corretos e o terceiro fator mais atraente para descrever um produto alimentício ou bebidas em geral. Agora, quase quatro em cada cinco consumidores no mundo estão felizes em pagar caro mais por embalagens de alimentos e bebidas ecologicamente corretos, enquanto pouco mais de dois em cada cinco afirmam que pagarão mais caro por alimentos saudáveis. 

07 | O sentimento antiplástico é forte. Quase dois em cada três consumidores acreditam que uma pessoa ecologicamente correta evita o consumo de plástico, e um em cada três diz que planeja comprar e usar menos plástico nos próximos 12 meses. 

08 | Nossa análise da pesquisa revela seis segmentos globais de consumidores com perfis distintos. relacionados à conscientização/ preocupação com a saúde e o meio ambiente. Cada grupo tem suas próprias crenças e valores distintos; motivadores e ambições em relação às mudanças; além de fontes de informação confiáveis. Isso cria oportunidades para produtos direcionados, envio de mensagens e muito mais.

09 | As marcas mais bem-sucedidas, agora em diante, serão aquelas que demonstrarem um propósito e mostrarem que contribuem positivamente para a sociedade, além de apenas oferecer bons serviços e produtos. Entretanto, nossa pesquisa global quantitativa e qualitativa revela uma lacuna de confiança, quando se trata de saúde e meio ambiente. Além disso, atualmente, as marcas aparecem na lista de influenciadores neste segmento: apenas um em cada 10 consumidores aconselha ou inspira as marcas em um desses tópicos.

10 | Alimentos e bebidas talvez sejam a primeira indústria a observar a tendência emergente da convergência entre saúde e meio ambiente. Ele oferece uma nova oportunidade para as marcas estabelecerem uma conexão sólida, objetiva e pessoal com os consumidores, ao lidar e se comunicar com eles ao mesmo tempo.

Você deseja obter mais informações sobre a Tetra Pak Index?